Ir para o conteúdo principal desta página
Saltar este bloco de conteúdos
Saltar este bloco de conteúdos

Últimas oportunidades de financiamento

Programa Cuida-te + | 2021 | Dispositivo 2.2 «Educação para a Saúde»

Através deste programa o IPDJ apoia iniciativas na área de Saúde e Educação, que promovam ações nas modalidades: teatro, expressões plásticas, música, desporto, dança. Os projetos apoiados devem promover a saúde e os estilos de vida saudável junto de jovens, nomeadamente o acesso a cuidados de saúde, literacia em saúde estilo de vida saudável, saúde mental, alimentação, atividade física e desporto, comportamentos aditivos e sexualidade. Com a implementação dos projetos espera-se promover fatores de proteção e reduzir risco de doença, adotar medidas preventivas face à saúde juvenil e envolver múltiplos parceiros (familiares, pares, escolas, comunidades).

FAMI – Fundo para o Asilo, a Migração e a Integração | Nº: 96/FAMI/2021

No âmbito desta oportunidade são elegíeis ações que se insiram nas seguintes tipologias: medidas de captação de nacionais de países terceiros (NPT) que respondam às necessidades do mercado de trabalho e dos NPT que com o seu talento, competências e ações empreendedoras criem oportunidades de trabalho, inovação social, e investigação; atividades de informação e comunicação para países de origem; criação ou melhoria de sistemas e canais de informação no país de origem com vista a facilitar o futuro acolhimento, integração e combate a várias formas de exploração e violência; criação de ferramentas digitais e multilingues que divulgam oportunidade de trabalho; apoio a medidas que facilitem processo de reagrupamento familiar.

FAMI – Fundo para o Asilo, a Migração e a Integração| Nº : 95/FAMI/2021

Esta oportunidade de financiamento destina-se a apoiar projetos que promovam o aprofundamento contínuo do conhecimento sobre o fenómeno migratório e das dinâmicas de acolhimento e de integração de imigrantes e requentes de asilo. Assim, serão apoiados estudos e investigação sobre nacionais de países terceiros (NPT) em Portugal e investigações com áreas e projetos com relevância para a definição de políticas públicas e para os decisores políticos. Os estudos financiados devem fornecer recomendações para políticas de integração de imigrantes, residentes em Portugal e de requerentes de asilo, tendo por base o mote do Observatório das Migrações: “conhecer mais para agir melhor”. Os estudos apoiados poderão vir a ser públicos pelo Observatório das Migrações.

Content with all opportunities and alert services only available for subscribed users! SUBSCRIBE HERE

×
Saltar este bloco de conteúdos